Pensamento de domingo: Aquela história de se relacionar

By Mayra Soares domingo, maio 31, 2015 Nenhum comentário No tags Permalink 0

Tem dias que tenho pensado nesse assunto, sabe?

Tá chegando o dia dos namorados e eu tenho pesquisado muito pra fazer um vídeo diferente  para vocês, um bate-papo abordando assuntos que nunca abordamos aqui.

Ai, conversando com uma amiga, eu fiquei pensando em quanto um relacionamento pode ser nocivo pra gente.

Deveria ser saudável, é pra te fazer sorrir, é pra te deixar feliz, é pra te trazer paz, se não é assim, tem alguma coisa errada ai.

Um amor saudável não te afasta dos seus. Nem da família, nem dos amigos, sabe?

Te conforta quando você está triste e tenta te fazer ver o lado bom das coisas…

Eu tive uma paixão nociva, mas quando eu estava dentro dela, não era assim que eu enxergava, eu mais chorava do que ria, mas aquilo para mim era normal, eu  me sentia sempre feia, burra e errada, mas eu achava que o erro estava em mim.

Acontece que nesse mundo redondinho e de pessoas imperfeitas, tem um monte de gente que se sente inferior e que precisa diminuir ao outro para se sentir superior a alguém. E, normalmente, essas pessoas escolhem você que está aí de coração aberto, feliz, que é sorridente e que pode se apaixonar fácil. Esse tipo de pessoa não gosta de ninguém, não se iluda. Esse tipo de pessoa gosta dela mesma e vai tentar destruir seus sonhos, te fazer se sentir sempre inferior a ela e ao mundo.

Sai fora.

Antes que seja tarde, antes que essa relação vire um casamento ou quem sabe, gere um filho.

Não espere as coisas ficarem piores, não pague pra ver.

Eu sei que não vale a pena e que, essas pessoas, infelizmente, não mudam.

Eu sei como você se sente, primeiro você não enxerga, mesmo que sua melhor amiga diga. E quando você passa a enxergar, você nega.

Você não acha possível ter se apaixonado por alguém assim e também não acha possível que alguém tenha coragem de castigar ao outro assim, por nada.

Mas tem.

As pessoas que te amam sentem falta daquilo que você era e não do que se tornou.

Pense nisso, não deixe ninguém roubar sua felicidade, sua identidade, sua paz.

Seja feliz sem precisar de ninguém porque, assim, quando alguém que merece chegar, você vai estar pronta para ser livre mesmo apaixonada.

É aquela história de preparar o jardim, as borboletas chegam. E têm que chegar trazendo sorte e cor para sua vida.

 

Boa semana!

Bitocas!

 

No Comments Yet.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *