Aprendendo a comprar e resolvendo o dilema: Eu NÃO tenho roupa

By Mayra Soares segunda-feira, novembro 10, 2014 2 , , Permalink 0

Sabe aquele papo que a gente cansa de ouvir: “Nossa, mas é muito caro!” “você é louca pagar isso num sapato” ou “você é louca pagar isso nessa blusa.”
Eu concordo que as coisas no mundo (principalmente no Brasil) deveriam ser mais baratas e acessíveis, mas antes de julgarmos algo caro, devemos pensar no benefício que aquilo traz. É a tal relação custo x benefício. Sabe qual?
Pra gente saber se aquele item vale mesmo aquele preço é simples: a gente deve calcular quantas vezes pode usar aquela peça, ou seja, quantos looks ela rende, se o material de que ela é feito é realmente bom e se é uma peça atemporal ou moda passageira.
Pensando dessa forma fica mais fácil investir nosso rico e suado dinheirinho em peças chave, sem desperdício de grana, sabe como?
A peça que eu vou comprar (seja acessório, roupa ou sapato) tem que ornar com, pelo menos, mais 3 peças do meu closet.
Se compro uma calça ela deve render, pelo menos, 3 combinações com partes de cima que eu já tenha.
Ela deve ser uma peça de um bom tecido, de preferencia feita de tecidos naturais: seda, algodão, lã e linho. As costuras também devem estar em ordem, nada de costura torta ou de linha sobrando.
E, por fim, deve ser aquela peça que sempre poderei usar, mesmo que os anos passem.

Sabe aquela bota que você olha e diz: “Eu preciso de uma dessa!”?
A moda nos faz crer precisar de várias coisas e, na maioria das vezes, a gente nem precisa tanto assim.
Mas, ok! Quem nunca quis acompanhar a moda que atire a primeira pedra!
Essa bota que você vai usar só nessa estação pode ser mais baratinha, de um material não tão bom assim. Afinal, quando é que você vai usá-la de novo? Nem Deus sabe.
Seguindo essa linha de raciocínio você investe no que realmente vale investir, troca quantidade por qualidade e otimiza seu guarda-roupas, fazendo render muito mais do que se você comprar várias peças sem programar.

Eu-nao-tenho-roupa-2

Já aconteceu muito comigo de comprar uma peça e usar uma vez e depois deixar ela lá no cabide por muito, muito, muito tempo… E também já aconteceu de comprar uma blusa, amar tanto e usa-la mil vezes com a mesma saia.

Por que isso acontece?

Porque quando a gente gosta de um look, quando dá certo a gente agarra um amor hahahah e  a tendência é mesmo repetir.

Da mesma forma, quando compramos no impulso, sem pensar no que temos em casa e sem nos programarmos, compramos peças que usaremos uma única vez ou que, talvez, nunca percam suas etiquetas.

E é por isso que olhamos aquele guarda-roupas abarrotado, mas insistimos na frase: “Eu não tenho roupa!” hahaha

A gente até tem roupa, mas não a roupa que gostaríamos de vestir, porque nós não queremos repetir look e acabamos repetindo já que compramos uma blusa que só combina com aquela saia ou não repetimos, mas estouramos todos os cartões de crédito comprando roupa nova a cada evento e sem criar novas possibilidades com aquilo que a gente já tem.

A intenção é que você possa usar a mesma blusinha com diferentes calças, saias, shorts, jaquetas e multiplique possibilidades.

eu-nao-tenho-roupa-3

 

Então a #DicadaMay é essa:

Abra o seu guarda-roupas e tente novas combinações com aquilo que você já tem. É divertido, juro! E muito enriquecedor, você pode se surpreender com tantas combinações que aquela calça escondidinha pode render.
Depois disso programe TODAS as suas compras, você vai ver que seu dinheirinho suado renderá muito mais.

Gostaram da dica?

Coloquem em prática, garanto que funciona.

Bitocas.

2 Comments
  • Jaqueline
    novembro 12, 2014

    Ai amiga,vc realmente e boa nisso. rs… Obs: O look do meio me encantou.

    • Mayra Soares
      novembro 13, 2014

      Linda! Obrigada ;)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *